Videira

Videira é a cidade do vinho, das aves, dos suínos e é o berço da Perdigão. Com sua gente simples e hospitaleira, oferece a pacata rotina de uma cidade naturalmente bela e cheia de surpresas.

Fundada em março de 1944 por colonos italianos e alemães, tem na etnia italiana o predomínio dos cidadãos da cidade.

A base econômica de Videira, cerca de 75% do total, decorre da criação e abate de aves e de suínos. A fruticultura, o fumo e o gado leiteiro também são destaque, juntamente com os grãos.

Videira conta com uma população de 41 mil habitantes, e está no Meio-Oeste, a 400km de Florianópolis e 750 m do nível do mar. Fica próxima de Fraiburgo, Salto Veloso e Pinheiro Preto.

A colonização de Videira iniciou-se em 1918, na então Vila do Rio das Pedras. Em 1921, para atrair novos colonos, mudou o nome para Perdizes. A instalação oficial do município aconteceu em 1944 e o nome Videira deve-se ao fato de a região ser um grande centro vitivinicultor do Estado.

Conta-se que já em 1913, antes mesmo da fixação dos primeiros colonizadores, foi colhido um cacho de uvas pesando 1,3kg. O avanço dos parreirais deu origem à primeira Festa da Uva, em 1942. Desde então, o evento é o mais importante do calendário municipal. Videira também é o berço da Perdigão, empresa responsável pelo desenvolvimento da cidade.

Deixe uma resposta