Praia do Sonho

A primeira característica interessante da Praia do Sonho é a de ter duas frentes ao mar: uma para a enseada da Pinheira e a outra para a baía sul, entre o continente e a Ilha de Santa Catarina.

A Praia do Sonho está a 35 Km do centro de Palhoça, município a que pertence, e dela se podem avistar a Ilha de Santa Catarina – com alguns bairros de Florianópolis; a Ilhota de Araçatuba, onde está a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição e as Ilhas Três Irmãs.

Passeios para alcançar as ilhas podem ser contratados com barcos de pescadores na praia. Outra opção de laser na Praia do Sonho fica por conta da pescaria em suas águas tranqüilas no lado da Baía Sul. E ainda temos o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, além de esportes náutivos.

A Praia do Sonho fica a 45 Km de Florianópolis pela BR101, sentido sul, e a pequena distância da BR-101. Está próxima da Praia da Pinheira e Guarda do Embaú.
A Praia do Sonho é a única praia com duas frentes para o mar (norte e leste), com opção de banhos em águas calmas e mar groso, distante 34km do centro de Palhoça, preferida por aqueles que procuram paz e sossego.

Da Praia do Sonho é possível avistar a ilhota de Araçatuba – onde fica a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba e as Ilhas Três Irmãs.
Para fazer um passeio até as ilhas os pescadores da região alugam os barcos.

Praia da Pinheira

Localizada na Região da Grande Florianópolis, município de Palhoça, 50 Km ao sul da capital, 45 ao norte de Garopaba e 430 de Porto Alegre, a Praia da Pinheira é um paraíso. Sua natureza ainda está bastante preservada e isto deve permanecer pois a Pinheira está no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, área ambiental protegida por lei. A Praia está no município de Palhoça.

Windsurf, remo, vela, jetski e ski aquático são algumas das opções de laser na Pinheira. Para o surf há ótimas ondas na Prainha e na Guarda do Embaú. Opções ainda de mergulho nos costões da Ponta da Pinheira e do Papagaio. Caminhadas no morro da Pinheira e diversas outras alternativas.

A vila conta com cerca de 5 mil habitantes de origem açoriana que se ocupam da pesca e do comércio. Hoje há no local uma estrutura de apoio ao turista bastante boa e ainda há opções nas praias próximas, do Sonho e Guarda do Embaú.

A Praia da Pinheira é uma das praias mais freqüentada de Palhoça, recebendo grande fluxo de turistas de outros estados.

É dividida em duas praias: Praia de Baixo e Praia de Cima, situadas em oposição uma a outra.

Hoje a Praia da Pinheira não é só um povoado com pescadores de tradição açoriana, lojas, farmácias, padarias e pousadas provam que o desenvolvimento chegou ali, porém o progresso não apagou as marcas que caracterizam a praia: os ranchos dos pescadores e a paz da convivência entre os visitantes e nativos.
Praia de Cima – Praia do Engenho, Praia das Cabras ou Praia de Cima, são alguns dos nomes dessa pequena, mas bela baía de águas limpas, que se completa com a ponta das andorinhas e o costão da Praia de Baixo.

A Praia de Cima é uma das poucas praias do município que além de sua rara beleza, é protegida do vento sul pela sua posição geográfica.

Guarda do Embaú

A Guarda do Embaú está no município de Palhoça, distante 50 Km de Florianópolis. Era uma vila de pescadores situada nas margens do Rio da Madre em seu encontro com o Mar. Hoje o Turismo, principalmente no verão, domina a economia local.

A praia oferece opções de laser no mar – que é excelente para o surf e no rio – onde se podem aproveitar o caiaque e passeios de barco, que são oferecidos no local.

Está próxima a Praia da Pinheira, da Gamboa e do Sonho e nos domínios da Reserva Natural da Serra do Tabuleiro.

Classificada por uma famosa revista como uma das 10 melhores praias do mundo para a prática do surf, a Guarda faz jus ao título: é o paraíso dos surfistas que a escolheram para ser um dos pontos mais fervilhantes do litoral.

A Guarda é uma pequena vila de pescadores, descoberta na década de 70 pelos hippies e pelos surfistas da época, que corriam atrás de boas ondas.
Na Guarda desemboca o Rio da Madre e para chegar até a areia, à beira mar, é preciso atravessar o rio a nado ou numa canoa de pescador.
Pedra do Urubu: uma das grandes atrações da Guarda. Subir na Pedra do Urubu, localizada no morro do canto norte, é um passeio que vale muito a pena, lá de cima o visual da praia da Guarda, Pinheira, Sonho, Gamboa e Garopaba.

Palhoça

As praias da Pinheira e do Sonho, a Guarda do Embaú, a Enseada do Brito e o Parque da Serra do Tabuleiro são apenas alguns dos atrativos dessa tímida e bela cidade, miscelânea de costumes, festas e etnias.

É na agricultura e pesca. A cidade é grande produtora de mariscos, ostras e camarões, além de ser um dos maiores pólos de criação de escargots do Brasil. Destaca-se também a produção moveleira e o intenso comércio.

Com 102 mil habitantes com origem açoriana, clima temperado, com temperaturas médias entre 18ºC e 27ºC, Palhoça est[a situada na Grande Florianópolis.

Cidades próximas: Florianópolis, Tijucas, Antônio Carlos, São José, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, Rancho Queimado, Angelina.

Palhoça foi fundada em 1793 e elevada a município em abril de 1894. Colonizada inicialmente por portugueses, que se fixaram na Enseada do Brito, recebeu também diversas levas de imigrantes alemães, africanos e italianos. A partir dos anos 1970, quando 69% da população ainda moravam no campo e o município dependia da produção primária, a cidade passou a se desenvolver e transformou-se num importante pólo comercial e industrial. Mas ainda preserva suas tradições e folclore, em manifestações como o Boi-de-Mamão, a dança do Pau-de-Fitas, o Terno de Reis e o Pão-por-Deus.