Hotéis e Pousadas em Poá

Hotel Parks Hotel Poá
Av. Lucas Nogueira Garcez, 879
11 4636 3320

Motel Encontru´s
Rua Martini, 44
11 4638 2128


Atrativos Turísticos de Poá

Obelisco

Foi construído para marcar a passagem de Dom Pedro I por Poá, fica no atual Jardim Obelisco.

Secretaria de Segurança Pública de Poá

Já abrigou um convento e um escola, conserva prédio original

Abrigo Batuíra

Instituição filantrópica, é proprietária da maior área verde do centro e conserva prédios da época da emancipação.

Reino da Garotada

Instituição filantrópica, conserva prédios da década de 40.

EMEI Padre Eustáquio

Primeiro grupo escolar do município, conserva prédio original.

Estação Calmon Viana

Conserva o prédio de 1934

Casa da Estação

Já foi a casa do chefe da Estação Poá hoje, restaurada, abriga um museu.

Praça Guido Guida e Praça da Bíblia

Unificadas em 2007, possui espelho-d`água, pista de caminhada, canteiros e playground.

Praça de Eventos

Local onde são realizados os maiores eventos da cidade

Rotatória Padre Eustáquio

Construída em homenagem ao pároco.

Fonte Áurea

Onde é extraída a Água Mineral Poá

Balneário Municipal Vicente Leporace

Construído na década de 70, foi fechado ao público e é utilizado como um centro de fisioterapia, existe um projeto para transformá-lo em um parque aquático.

Expoá

Por haver uma grande quantidade de orquidófilos em Poá e em todo o Alto Tietê, por causa do clima favorável ao cultivo da planta, foi criada em 1970 a Exposição de Orquídeas e Plantas Ornamentais de Poá, mais conhecida como EXPOÁ, com o objetivo “incrementar o turismo do município, assim como o de prestar um homenagem à natureza”. A exposição é reconhecida pela Secretaria Estadual de Esportes e Turismo de São Paulo do Governo do Estado e faz parte desde 1976 do Calendário Nacional do Instituto Brasileiro do Turismo. É realizada todos os anos no mês de Setembro.

Capela de Santa Cruz

Na década de 1910 foi fundado uns dos primeiros templos religiosos de Poá: a Capela de Santa Cruz. Ela foi construída em terreno da Chácara dos Vianas, mais precisamente onde hoje está a portaria do Abrigo Batuíra, na Rua 26 de Março. Era uma pequena capela de Pau-a-pique dedicada ao culto de Santa Cruz.

Igreja Matriz – Capela de Nossa Senhora de Lourdes

Muito antes da expansão demográfica de Poá se pensou em construir um templo religioso católico. O subdelegado Sebastião Ferreira dos Santos, que doou o terreno para a obra da capela. Em 14 de novembro de 1917, inaugurou-se a Capela-mor para onde vinham padres redentoristas para administra-la provenientes de Itaquaquecetuba e Penha de França, em São Paulo. Foi construída com verbas provenientes de quermesses, leilões e tido a colaboração de oleiros, pedreiros, comerciantes e sitiantes. Por volta de 1923 a Capela de Nossa Senhora de Lourdes foi agraciada com uma escadaria de pedra trabalhada, por doação de Bejamim Avelar. Com seu desenvolvimento, em 23 de novembro de 1924, fundou-se o Apostolado da Oração.

Capela de Santo Antônio

Apesar da existência da Capela de Nossa Senhora de Lourdes, os moradores do lado de baixo da estação ferroviária decidiram fundar um outro templo Católico no povoado: a Capela de Santo Antônio. Consta, que teria sido recebido previsão da celebração de missa no dia 6 de junho de 1923. Reconstruída entre as décadas de 1920 a 1930 passou a denominar-se Capela de Santo Antônio, homenagem ao padroeiro do matrimônio.

Poá

Poá

Poá

Poá é uma cidade do estado de São Paulo denominada Estância Hidromineral juntamente com Serra Negra, Águas da Prata, Águas de Lindóia, Águas de Santa Bárbara, Águas de São Pedro, Amparo, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Ibirá e Socorro.

Sua população é de cerca de 105 mil habitantes O clima de Poá, como em toda a Região Metropolitana de São Paulo, é o subtropical. Verão pouco quente e chuvoso. Inverno ameno e sub-seco. A média de temperatura anual gira em torno dos 19Cº, sendo o mês mais frio Julho (Média de 15ºC) e o mais quente Fevereiro (Média de 22ºC). A verticalização do centro da cidade é desestimulada, com o intuito de preservar o clima interiorano que a cidade possui, com ruas estreitas e a preservação de vários prédios antigos.

O principal setor da economia de Poá é o de serviços, já que a instalação de indústrias poluentes é proibida desde a década de 70, quando se tornou estância hidromineral.

A história de Poá começa em 1.621, com a formação de um povoado em terra de missionárias da Ordem das Carmelitas. Sendo cortada pela Estrada São Paulo – Rio (atual SP-66), Poá, chamada de Apoá na época, era distrito do município Mogi das Cruzes; um local pouco povoado e ponto de parada de tropeiros e outros viajantes. Entre os ilustres passantes desta cidade consta o imperador Dom Pedro I.

Seu povoamento cresceu a partir da instalação de uma parada dos trens que por aí apoenas passavam. Foi, assim, instalada a Estação de Poá para transporte de passageiros em 1891.

Legalmente, Poá começou a viver sua vida independente de Mogi das Cruzes no dia 1º de janeiro de 1949. Apesar de ter sido instalado naquele 1º de janeiro, somente no dia 26 de março de 1949 é que foi instalada a Câmara Municipal, com a posse dos prefeitos e vereadores que haviam sido eleitos no dia 13 de março. E é nesta data, 26 de março, que se comemora o aniversário do município.

Turismo

O Turismo começou a ser fomentado agora, no início dos anos 2000. Mesmo assim o principal evento feito no município, a Expoá, chega a atrair 350.000 pessoas em sete dias.

Poá tem uma forte vocação turística, embora este setor da economia ainda não seja a principal atividade do município. Por causa da falta de investimentos, o município praticamente não explora esse mercado.

De acordo com o decreto-lei estadual de 20 de maio de 1970, Poá passou a ser considerada Estância Hidromineral. De acordo com a legislação vigente na época, o município passava a ter o prefeito indicado pelo governador do Estado, e citava-se ainda no documento o valor da Água Mineral da fonte Áurea como principal justificativa desta alteração. O decreto do então governador Abreu Sodré foi baseado no fato de que Poá possuía as condições exigidas por lei para a criação de Estância. Entre as exigências, havia a necessidade de haver uma vazão de 96 mil litros de água mineral por dia sendo que ficou constatada a vazão de 480 mil litros diários.

A água mineral de Poá também possui alto teor de radioatividade e qualidades fisioterápicas. É considerada a melhor e mais radioativa água mineral do Brasil e segunda do planeta.

Fonte do texto e imagem