Eventos em São João da Boa Vista

Festival de Ritmica e Dança

Realizado à mais de 17 anos, o Festival de Ritmica e Dança é destaque no estado de São Paulo e também no Sul de Minas. Com um público estimado de 10.000 pessoas, o festival recebe dezenas de grupos, entre amadores e profissionais, que buscam participar deste conceituado evento realizado em São João da Boa Vista à quase vinte anos.

Festival Estudantil de Teatro

Chegando em sua 14ª. edição, o festival estudantil de teatro tem o objetivo de incentivar os jovens estudantes à participarem cada vez mais dos eventos culturais. Contando com mais de 15 peças selecionadas por um juro de peso, composto por artistas formados em artes cênicas, que ao término da apresentação orientam os alunos e diretores em como melhorar seu desempenho. O público esperado é de mais de 7.000 pessoas.


Acessa São Paulo

O Uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado de São Paulo, criado para fornecer acesso à internet para todos os moradores de São João da Boa Vista. Instalado no Centro Cultural Pagu conta hoje com 7 microcomputadores a disposição da comunidade das 07h30 às 18h00. Para fazer uso dos mesmos, basta apenas preencher uma ficha de inscrição na própria biblioteca. Desde o início de 2002 o Programa Acessa São Paulo vem sendo implantado nos municípios do interior e litoral do Estado, na forma de postos chamados Infocentros Municipais.

Semana Fernando Furlanetto

Fernando Furlanetto nasceu no dia 5 de março de 1897, um ano após seu pai, o italiano Antonio Furlanetto, instalar a primeira marmoraria em São João da Boa Vista.
Em 1911, com apenas 14 anos, partiu para a Itália, a fim de estudar no Instituto de Belas Artes de Pietrasanta. Durante oito anos, Fernando aprendeu a arte de esculpir com os mais famosos professores da época. Logo, o “menino americano” suplantou, em técnica e arte, os próprios italianos natos, conquistando o prêmio máximo do Instituto – a medalha de prata. Mesmo tendo gabarito para trabalhar em grandes centros, Fernando fixou atelier em sua cidade natal, recebendo encomendas de toda a redondeza. E, assim, pasmou a imprensa local, por sua simplicidade e modéstia diante das maravilhas que produzia. Considerava como sua obra-prima o monumento funerário de Dina e Angelina de Oliveira Bueno – a filha chamando a mãe, subindo os degraus do céu. Mas logo vieram outras obras impressionantes, como a escultura Caridade, para o jazigo da família do Cel. Joaquim Cândido de Oliveira; a Piedade, para o túmulo de José Pedro de Oliveira; e a monumental capela funerária do Cel. Christiano Osório de Oliveira. Em sua memória, a Prefeitura Municipal organiza anualmente a Semana Fernando Furlanetto, que reuné obras do escultos, artistas da cidade e convidados. Conheça mais sobre Fernando Furlanetto clicando aqui.

Semana Guiomar Novaes

Realizada entre os dias 22 a 29 de setembro no Theatro Municipal agora restaurado, a Semana teve muita procura da população empolgada com a reabertura do mesmo que estava fechado há mais de 15 anos, com uma programação de alto nível, trazendo inclusive pessoas de diversas cidades da região. O Theatro esteve lotado por todas as noites e muitas pessoas ficaram na fila de espera, o público superou 10.000 pessoas.

Fonte: Comissão de Turismo
http://www.ctur.org.br

Deixe uma resposta