Atrativos Turísticos de São João da Boa Vista

Fazenda Cachoeira

Acesso no início da estrada vicinal São João – Santo Antonio do Jardim. Com sua sede do séc. XX, construída pelos escravos, conserva em pavimento inferior a sua senzala.

Fazenda Capituba

Estrada São João – Vargem Grande , km 226 (acesso Aterro Sanitário).
Lanchonete e 2 tanques. Funcionamento: de 2ª feira a sábado- 07h00 às 21h00, domingos: 07h00 às 19h00. Tipos de peixes: Pacu; Tambaqui; Tambacu; 4 tipos de carpas, Bagre africano, Corimba, Tilápia, Traíra, Cará (mais tipos de peixes pequenos)


Serra do Mirante

Tem 1593 m altitude, com uma bela vista de São João e cidades da região, onde existe a Caverna do Morcego (local bonito e pouco explorado). A 500m, ao lado das torres de TV, na Serra Deus-me-livre, de propriedade particular, que é usada também para a prática de vôo livre. É uma decolagem natural (construída pela natureza).

Museu Histórico e Pedagógico Dr. Armando de Salles Oliveira

Praça Governador Armando Salles, 124, Centro – Tel. (19) 3631.0313. O prédio do Museu Histórico e Pedagógico foi construído por Joaquim José de Oliveira Filho (1830-1903), para servir de residência urbana. Maria Inês da Silva Oliveira, mais conhecida como Dona Tita (1887-1969), filha de DonAnna Gabriela da Silva e do Cel. Joaquim José de Oliveira, foi quem herdou a residência, conservando-a com todos os móveis e pertences da época dos pais. Dona Tita doou o prédio mobiliado e sua coleção, por testamento, à Prefeitura Municipal, e o museu foi inaugurado em 1970.

Museu de Arte Sacra da Diocese de São João da Boa Vista

Avenida Thereziano Vallim – Tel. (19) 3633.1408. A fachada da capela seguia o estilo “normando”, com telhado bastante inclinado (aguardando eternamente a estação das neves) e torre pontiaguda, revestida de pastilha, transformando-se em marco na paisagem urbana. Apesar dos sofisticados vitrais e elaborados forros, seu interior não chegou a possuir elementos decorativos em suas paredes. Atualmente, a Igreja abriga o “Museu de Arte Sacra” um dos maiores e mais ricos acervo da Diocese de São João da Boa Vista.

Memorial Escolar Dirce S. Carbonara

Escola Estadual Cel. Joaquim José, Praça Cel. Joaquim José, 123. O Memorial Escolar mantém um arquivo sobre os ex-alunos formados na Escola Estadual Cel. Joaquim José, além de um museu que mantém o ambiente de uma escola primária do início do século passado. O museu está aberto a visitação durante todo o período de aulas da escola Cel. Joaquim José.

Theatro Municipal

Praça da Catedral, Centro – Tel. 3631.7653. O Theatro Municipal foi inaugurado em 1914, e nos últimos passou por uma reforma completa, que manteve as características originais do prédio construido na áurea época do café. Hoje o Teatro Municipal recebe dezenas de peças além de shows e eventos realizados pela Prefeitura Muncipal.

Paço MunicipalPalacete onde funciona atualmente o Paço Municipal

Rua Marechal Deodoro, 366 – Telefone (19) 3634.1081 ou (19) 3634.1000. O Paço Municipal, antigo palacete de um dos barões do café, agora abriga o Gabinete do Prefeito e alguns setores administrativos da Prefeitura Municipal. Construido na década de 1930, o prédio foi por muito tempo um dos mais importantes e imponentes palacetes da cidade.

Escola Estadual Cel. Joaquim José

Praça Cel. Joaquim José, 123 – Tel. (19) 3623.3782. Fundado em 1903, o então Grupo Escolar, foi uma das primeiras escolas de São João da Boa Vista. O prédio foi tombado pelo Conselho do Patrimônio Histórico, Arqueológico e Artistico do Município – CONDEPHAT. A escola abriga também um museu que conta a história das escolas no começo do século passado.

SENAC

Rua São João, 204 –Tel. (19) 3623.2702. O terreno escolhido para construir a Câmara ficava estrategicamente no meio da principal via local – a rua São João -, que ligava a Estação Ferroviária à Igreja Matriz de São João Batista. Esta estação era o portal de entrada e saída da cidade naquela época. O prédio se destacava no meio provinciano. Enquanto as construções vizinhas se acotovelavam em estrutura de madeira e amarrações em taipa, a nova edificação exibia fachada em alvenaria de tijolos, tudo aparente, sem argamassa de revestimento. A fachada do prédio apresentava arquitetura clássica, com pilastras sobrepostas nos estilos jônico e dórico. No pavimento térreo, funcionava a cadeia, tendo à frente as salas do delegado e dos guardas, e, nos fundos, três celas. O alto vestíbulo dava acesso à escadaria de madeira, levando ao pavimento superior, área reservada à Câmara Municipal, que se reunia uma vez por mês. No período imperial, a Câmara cumpria os papéis legislativo, executivo e judiciário.

Palácio Episcopal

Praça Roque Fiori, 280 – Tel. (19) 3622.2245. O Palácio Episcopal é a residência oficial do Bispo da Diocese de São João da Boa Vista, que abrange dezoito municípios paulistas: São João da Boa Vista, Aguaí, Águas da Prata, Caconde, Casa Branca, Divinolândia, Estiva Gerbi, Mococa, Moji-Guaçu, Itobi, Espírito Santo do Pinhal, Santa Cruz das Palmeiras, Santo Antônio do Jardim, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Tambaú, Tapiratiba e Vargem Grande do Sul.

Estação Ferroviária

Praça Rui Barbosa, n. º 41 – Rosário. Até hoje trens de carga passam pela cidade diariamente em direção ao sul de Minas Gerais. Atualmente neste espaço se encontra o Departamento de Cultura e Turismo, Escola Municipal de Iniciação Musical, Fundação Oliveira Neto (responsável pela restauração e reforma do Teatro Municipal), Arquivo Municipal, Academia de Letras, o Espaço Cultural Fernando Arrigucci – com exposições variadas durante o ano todo e o Banco do Povo. Conheça um pouco da história desta estação.

Deixe uma resposta