Atrativos Turísticos de São Borja

Cemitério Jardim da Paz

Local onde estão sepultados os três mais eminentes filhos de São Borja e ex-presidentes da República: Getúlio Vargas, João Goulart e ainda o ex governador Leonel Brizola. Lá também estão os restos mortais do Barão de São Lucas e do Republicano Abolicionista Apparício Mariense da Silva. Localiza-se no bairro Florêncio Aquino Guimarães.

Cemitério Velho

Também chamado de “Cemitério das Crianças” e “Cemitério Paraguaio”, localiza-se no bairro do Passo, um dos mais antigos de São Borja.


Cruz de Lorena

A cruz de barra dupla, ou Cruz de Lorena, conhecida no cristianismo, era símbolo de Jerusalém. O patriarca a oferecia em adoração e consolo do povo durante a quaresma. Devia assim proteger a comunidade contra tempestades, granizo e tormentas, também relacionada com a arte de curar. Seu nome se deu em homenagem a Godofredo de Boiullon, Duque de Lorena.

O padre Ignácio Loyola, fundador da Companhia de Jesus, adotou a cruz como símbolo das Reduções Jesuíticas, e os padres Luiz e Manoel Bertod, fundadores de São Tomé, encarregaram-se de trazê-la para as Missões em 1632.

A Cruz de Lorena de São Borja localiza-se no trevo de acesso à cidade de Itaqui, recebendo visitação em horário permanente.

Túmulo de Maria do Carmo

Santa profana, Maria do Carmo era uma prostituta conhecida na comunidade, com um belo físico e bom coração, mas dada à bebida. Teria sido morta durante a Guerra do Paraguai, pelo último dos seus amantes, um militar graduado.

Com o tempo, espalhou-se a fama de santidade. Mulheres, especialmente, procuravam a sua sepultura e, em troca de promessas feitas e graças alcançadas, deixavam aos pés de sua sepultura garrafas de cachaça e maços de cigarros. Muitos anos após, já solidificada na tradição popular a sua fama de santa, foi construído, pelo Coronel Serafim Vargas, um túmulo em alvenaria que recebe até hoje romarias de seus devotos e fiéis. Acesso pela Rua Arthur Oscar.

Estátua do Padroeiro

A estátua do padroeiro de São Borja, São Francisco de Borja, foi esculpida pelo irmão Brasanelli, em madeira de cedro retirada matas locais. Conforme August Saint Hilaire, o irmão Brasanelli teve grande cuidado com as medidas da figura, tendo que esculpi-la de joelhos para facilitar o deslocamento da imagem em dias de procissão.

A estátua localiza-se no trevo de acesso às cidades de Santiago e São Luiz Gonzaga, recebendo visitação permanente. Maiores informações pelo fone 55 3431 4455 r 279.
E-mail: smtel_sb@hotmail.com.br

Granja São Vicente

O local pertenceu ao ex-presidente João Belchior Marques Goulart.

Museu Municipal Apparício Silva Rillo

Conhecido como Museu Missioneiro, o prédio foi construído na década de 60, conta com amplo salão de exposições e redomas de vidro temperado para proteger as missioneiras de valor histórico atestado por estudiosos do período jesuítico. Imagens sacras tricentenárias, feitas por Índios Guaranis no tempo que São Borja, o primeiro dos Sete Povos a ser fundado, era uma das mais promissoras reduções jesuíticas.
Fone 55 3431 3839

Museu da Estância e Museu Ergológico

Na sede do Grupo Amador de Arte Os Angüeras está o Museu de Estância, um dos únicos museus ergológicos do Brasil.
Rua João Palmeira, s/nº.

Museu Getúlio Vargas

Na casa onde morou o Ex-Presidente do Brasil, está localizado um museu que contém objetos pessoais e históricos que lembram momentos importantes da trajetória política de Getúlio Vargas.
Na Avenida Presidente Vargas.

Mausoléu Getúlio Vargas

No meio da Praça XV de Novembro, no centro da cidade, está o Mausoléu projetado pelo arquiteto Oscar Niemayer. Esta obra foi inaugurada na passagem dos 50 anos do falecimento do grande estadista brasileiro.

Cais do Porto

Este Porto foi inaugurado no dia 09 de Dezembro de 1997. Distante 6 km da sede.

No lugar onde há o mais bonito pôr-do-sol da região, encontramos uma completa infra-estrutura com bares que servem o típico peixe frito. É um local moderno, situado junto ao antigo porto onde havia a travessia de balsas.
Fone 55 3431 4455
Site: www.saoborja.rs.gov.br

Ponte Internacional da Integração

Esta ponte liga São Borja a Santo Tomé, em Corrientes, na Argentina. É uma ponte com 1400 metros de extensão e uma das diferenças em relação a outras fronteiras, é que nesta foi criado o primeiro Centro Unificado de Fronteira da América Latina, onde todos os trâmites de liberação de cargas e de pessoas ocorrem no mesmo espaço físico.

Está também localizado neste espaço, o Centro de Informações Turísticas. Lá o turista recebe toda a atenção, informação e material que precisar.

Na BR 285 km 678.
Fone 55 3431 4455
E-mail: elizetedk@hotmail.com
Site: www.saoborja.rs.gov.br

Deixe uma resposta