Piratuba

A cidade tem nas fontes de águas termais seu maior atrativo. Mas também tem natureza, festas, encontros e muito verde.

Fundada em fevereiro de 1949, Piratuba tem 4 mil habitantes de base de colonização alemã.

São as águas termais que a tornam conhecidas para o turismo. Mas Piratuba não tem somente as águas termais. A agricultura é parte importante de sua economia, com destaque para a produção de milho e de feijão. A bovinocultura de leite e a suinocultura também marcam presença.

Piratuba está localizada no Meio-oeste do Estado, a 60km de Joaçaba, tendo em suas proximidades, ainda, Concórdia e Erechim. Sua altitude é de 430 m.

A História de Piratuba tem início em 1910, com a construção da estrada-de-ferro São Paulo-Rio Grande do Sul. A empresa responsável pela obra, a Brazil Railway, montou na região um acampamento para os operários, mais tarde batizado de Vila do Rio do Peixe.

Em 1964, durante escavações em busca de petróleo, a Petrobrás localizou um lençol de águas termais a mais de 674m de profundidade, o que acabou por trazer e consolidar o turismo em Piratuba.

No inverno ou no verão, as Águas de Piratuba permanecem sempre à temperatura de 38,6ºC. Além de representarem uma opção de lazer, os banhos térmicos são terapêuticos, sendo recomendados por médicos.
Piratuba conta com uma boa rede hoteleira e de restaurantes, que garante o conforto dos visitantes. Existem 14 hotéis e diversas outras alternativas de hospedagem.

Deixe uma resposta