Paranaguá

Na década de 1550-1560, famílias de São Vicente de Cananéia deslocaram-se ao litoral paranaense. Primeiro à ilha da Cotinga e a seguir às margens do rio Itiberê. Em 1640, chegou o Capitão Provedor Gabriel de Lara, e a fidalga família com investidura de governo militar. Já em 1646 mandou erigir o Pelourinho, símbolo de poder e justiça de El-Rei.

Após dois anos, a povoação tornou-se Vila, chamando-se Vila de Nossa Senhora do Rosário de Paranaguá. Em 1660 tornou-se Capitania, passando à condição de Cidade em 05 de fevereiro de 1842. Ao ser criada a Província do Paraná, também se criou a Capitania dos Portos do Paraná, que passou a funcionar em 13 de fevereiro de 1854.

Fato marcante para Paranaguá foi a visita de D. Pedro II, em 1880, para o lançamento da pedra fundamental do início das obras da rede ferroviária Paranaguá-Curitiba. A estrada de ferro foi tão rapidamente construída que já em 02 de fevereiro de 1885 foi inaugurada e até hoje é motivo de grande orgulho da engenharia nacional.

Paranaguá foi fundada em 1570 e é a cidade mais antiga do Paraná, oferece aos visitantes gastronomia típica, artesanato, fandango, a Floresta Estadual do Palmito, além de passeios de barco pela Baía de Paranaguá e por suas principais ilhas, da Cotinga, dos Valadares e a do Mel que merece destaque por ser uma Estação Ecológica do Paraná, sendo considerada uma das mais belas do país, abriga 25 praias que proporcionam aos visitantes momentos de lazer e aventura por suas trilhas, matas, morros, mangues e ilhas próximas, além de um passeio pela história do Paraná na Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres construída em 1767 e o Farol das Conchas construído em 1872.

Distante 91 km de Curitiba.

Deixe uma resposta