Londrina

Londrina teve um crescimento acelerado e contínuo, tornando-se não só pólo regional como a terceira maior cidade do Sul do País, depois de Curitiba e Porto Alegre. Possui em torno de meio milhão de habitantes, influenciando direta e indiretamente mais de 200 municípios e 4.500.000 habitantes.

A cidade tem Clima subtropical úmido mesotérmico, com verões quentes e geadas pouco freqüentes, com tendência de concentração com chuvas nos meses de verão e temperatura média de 21 graus. Seu solo é rico para a agropecuária, sendo conhecido como terra roxa. Tem ainda grandes rebanhos bovinos com gado premiado em leilões e exposições. A Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, realizada na Sociedade Rural do Paraná no mês de abril movimenta milhares de dólares todos os anos em agronegócios.

A cidade possui também diversos Centros de Pesquisa e Instituições de Ensino Superior: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Norte do Paraná (Unopar) e Centro Universitário Londrinense (Unifil).

Deve-se enfatizar ainda o espírito hospitaleiro do londrinense que é acolhedor e envolve a dimensão do conceito de hospitalidade que é entendido por especialistas como “a variada gama de atividades envolvidas com o receber humano, abrangendo não só os aspectos comerciais ligados à hotelaria e à restauração, mas também o setor denominado receptivo turístico, a recepção e hospitalidade graciosas, efetuadas por famílias em suas casas e todo o sistema urbano e sua infra-estrutura, envolvidos com modelos culturais associados ao receber: os eventos, o cerimonial, as festas, o lazer.”

Deixe uma resposta