Lapa

Lapa

Lapa

A Cidade da Lapa originou-se de um pequeno povoado às margens da antiga estrada da mata – uma parte do histórico caminho que ligava Viamão (RS) a Sorocaba (SP). Um desses conhecidos pousos dos tropeiros recebeu a denominação de Capão Alto, no ano de 1731, quando a capitania de São Paulo resolveu criar um registro para cobrança de pedágio de gado que transitava à margem do Rio Iguaçu.

A Lapa ficou conhecida como Registro, embora fosse Capão Alto o nome original. Passaram-se 233 anos e outras denominações até o nome Lapa se consolidar.

Conheça um pouco mais da sua história e o que a Cidade Legendária, como a Lapa é conhecida, tem a oferecer. Cidade rica em turismo histórico, cultural e religioso, como a famosa Gruta do Monge.

O município da Lapa possui a quarta maior área territorial do Paraná, possui grande potencial turístico, tem um grande potencial agropastoril, sendo o maior produtor de fruta de caroço do Estado.

Destaca-se pela produção de produtos orgânicos e caseiros. Seu comércio e indústria estão em franco desenvolvimento, com novos investimentos para geração de emprego e renda.

Em sua história, a Lapa foi palco do Cerco da Lapa – Revolução Federalista.

É uma cidade tranqüila, ótima para se morar e investir. Tem uma boa infra-estrutura de saneamento básico, escolas (inclusive de nível superior), transporte, saúde e lazer.

A cidade histórica da Lapa ocupa a colocação de 5º maior território do Estado do Paraná. Localiza-se a uma altitude de 908 metros acima do nível do mar, na região sudeste do Estado do Paraná, Planalto Meridional, com clima subtropical Brando.

Sua principal atividade econômica é a agricultura, com espaço para o desenvolvimento industrial e de atividades comerciais, devido ao seu parque industrial em amplo desenvolvimento. Mais da metade de sua população se concentra no meio urbano, mas a Lapa possui grande parte da sua população localizada em comunidades rurais interligadas por aproximadamente 3.000 km de estradas.

Deixe uma resposta