Guaíra

Localizada na região Oeste do Paraná, Guaíra conta com toda a estrutura e hospitalidade de uma cidade preparada para receber turistas que desejam, além de simplesmente relaxar, conhecer um pouco mais da história da colonização e viver 24 horas em contato com a natureza. Embora o nome tenha o significado de lugar de difícil acesso, para os Índios Guaranis, hoje Guairá tem seus caminhos abertos para bem receber.

O município de Guaíra possui um excelente terminal rodoviário que diariamente recebe ônibus vindos de todas as partes do Brasil, e também um aeroporto que permite a aterrissagem e decolagem de aeronaves de diversos portes.

O visitante que chegar a Guaíra terá a oportunidade de fazer um City Tour em lugares exóticos, marcados pelo contraste entre as características da época em que foram construídos e o arrojo dos empreendedores atuais que transformaram estes lugares em verdadeiras obras primas, seja pela sua conservação ou pela sua transformação.

Na rota do City Tour estão o Museu Sete Quedas, onde o interessante acervo se destaca pelos espécimes de animais capturados na região, a arte indígena e objetos que comprovam a passagem dos espanhóis e portugueses por essas terras.

A Igreja de Pedra Nuestro Señor Del Perdón, uma capela Espanhola com pedras encaixadas que foi construída com pedras das Sete Quedas e seus vitrais argentinos destacam a catequese praticada pelos padres Jesuítas aos índios.

O Cruzeiro das Américas com seus mitos e suas lendas, datado em 1556, talvez a marca mais antiga da presença dos espanhóis em terras brasileiras. O Cruzeiro fica junto ao Centro Náutico Marinas, uma área de lazer em forma de aldeia, construída numa área de 15 alqueires contendo infra-estrutura para diversas atividades culturais, esportivas e de lazer, base náutica e sete pavilhões para eventos, dentre eles a Festa das Nações, o mais tradicional do município.

É lá também que esta a locomotiva nº 4, que pertenceu à Companhia Matte Laranjeira. O trenzinho é o marco da primeira ferrovia do Oeste paranaense.

Atelier do Frei Pacífico, artista plástico de renome, esse ex-frei franciscano decidiu dedicar sua vida à defesa da flora e da fauna, e retrata as belezas da natureza e da cultura indígena em peças de madeira.
Cine Teatro Sete Quedas. O prédio de 1905 era usado para chamuscar a folha da erva mate, hoje um espaço cultural moderno e equipado que projeta a cultura para todos os povos.

Ponte Ayrton Senna de Guaíra – Com extensão de 4.000 metros essa majestosa obra tem no seu currículo números colossais de materiais usados na sua construção, além de ser a única ponte do mundo em curva na parte central com tobogã. Ela também é responsável pela ligação da Guaíra até Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul.

O passeio também inclui uma visita ao Paraguai, onde a cidade de Salto Del Guayrá abriga um enorme centro de compras.

E por falar em compras, no centro da cidade está localizada a Casa do Artesão, onde o visitante poderá adquirir peças de artesanato típico da região.

Para o visitante que gosta de natureza Guaíra não poderia ser melhor… A cidade é localizada às margens do Rio Paraná, e o trecho ostenta o título de Maior Arquipélago da América do Sul, é considerado o Portal do Pantanal Paranaense e constitui um corredor da biodiversidade com mais de 200 ilhas, centenas de espécies de animais vertebrados, aves, répteis e anfíbios, além de 170 espécies de peixes.

Neste lugar paradisíaco se destacam os passeios fluviais com direito a pesca amadora e profissional, além de uma parada na Lagoa Saraiva para mergulhar nas suas águas quentes e transparentes, passeio ecológico pelas trilhas da Ilha São Francisco, a qual é mantida pelo Frei Pacífico e safári fotográfico com registro da flora e da fauna.

O município possui ainda um excelente parque hoteleiro, herdado da época das Sete Quedas. Na área gastronômica a cidade oferece dezenas de opções diurnas e noturnas, mas o destaque fica para o Pintado na Telha, prato típico de Guaíra… Simples e apetitoso, este prato busca resgatar a tradição da culinária local.

Como você pode ver, motivos não faltam para você visitar Guaíra, uma cidade erguida com suas bases cravadas nas pedras da justiça, abençoada pelas águas do Rio Paraná e alimentada pelo sonho de cidadãos felizes.

Deixe uma resposta