Guaíba

Guaíba tem cerca de 103 mil habitantes, 4 m de altitude e está a 27 Km de Porto Alegre, às margens do Rio Guaíba.

Cidade sede da Riocell, maior indústria de celulose do Brasil que nas décadas de 70 e 80 causaram grande desconforto devido aos odores expelidos. Hoje a indústria é exemplo de qualidade ambiental, tendo projetos ambientais relevantes, e participa de forma intensa na geração de renda da cidade de Guaíba.

A origem histórica de Guaíba remonta ao ano de 1790, quando foi concedida sesmaria a Antônio Ferreira Leitão. Logo após, foi construída a sede da fazenda, ainda hoje existente. Este núcleo originário, chamado Fazenda Pedras Brancas, passa a pertencer a José Gomes de Vasconcellos Jardim.

O cenário composto pela casa de Gomes Jardim e o Cipreste Histórico – hoje patrimônio gaúcho – serviu a um dos momentos importantes da Revolução Farroupilha, pois foi onde os líderes farrapos planejaram a tomada da Capital da Província.

Em 1864, a sesmaria foi transformada em Distrito de Porto Alegre. Mais tarde, em 1857, recebeu o título de Freguesia de Pedras Brancas, sob a invocação de Nossa Senhora do Livramento. A partir de então, ocorreu um desenvolvimento cada vez maior, já baseado na economia agro-pastoril.

No início do séc. XX, a cidade de Guaíba já tinha características e vida própria, com intensa atividade econômica e social, o que provocou, em 14 de outubro de 1926, a sua emancipação. Desta época em diante, Pedras Brancas foi batizada com o mesmo nome do Rio (agora reconhecido como lago) que a margeia: Guaíba.

One thought on “Guaíba

Deixe uma resposta