Gravatal

Responsáveis pelo desenvolvimento turístico e econômico de toda a região, as águas termais de Gravatal são consideradas as segundas do mundo em qualidade terapêutica.

Fundada em 29 de dezembro de 1961, Gravatal tem mais da metade da renda do município proveniente do Turismo.

Com 11.000 habitantes de origens açoriana, italiana e alemã, a cidade está no sul do estado, a 150km de Florianópolis.

Tem clima temperado, com temperaturas entre 18ºC e 27ºC.

Está próxima a Armazém, Braço do Norte, Tubarão, Orleans, Lauro Müller, Imaruí.

O povoamento de Gravatal, como o da maior parte das cidades do sul do Estado, se deve ao deslocamento de moradores da Colônia de Santo Antônio dos Anjos da Laguna – a atual Laguna, que no passado abrangia toda a Região Sul. Em 1842, João Martins de Souza, um dos fundadores de Gravatal, estabeleceu-se no local, fez grandes lavouras de mandioca e cana-de-açúcar, construiu dois engenhos e dois alambiques e abriu estradas. Entre 1880 e 1885, chegaram as primeiras famílias de imigrantes italianos e em 1910, os alemães. Apesar da influência dessas etnias, a tradição açoriana dos primeiros colonizadores ainda é forte na cidade, tanto na arquitetura quanto nos hábitos populares. Gravatal foi elevada a município em dezembro de 1961. Suas terras férteis garantiam o suporte econômico através da agricultura, substituída pelo turismo como mola-mestra da economia local a partir da descoberta das termas

Deixe uma resposta