Farol de Santa Marta

A vila no entorno do Farol de Santa Marta nos dá a impressão de estarmos parados no tempo. Cercado de belas paisagens, com o mar batendo no costão, praias bonitas, dunas e muito agito na temporada, o Farol é um marco para a navegação pois delimita os limites dos mares do sul, onde as águas são mais violentas, venta bem mais e não há abrigos para as embarcações.
O Farol de Santa Marta é o maior da América e o 3º do mundo em alcance, com seus 29 metros de altura e mais de 70 Km de alcance visual. Está a 17 Km de Laguna, via Balsa, para o sul por estrada de terra. Não é precária, embora bastante poeirenta. Mas esta dificuldade é pequena e muito bem recompensada pela beleza do lugar.

O local está na rota de migração de aves, que utilizam o local para descanso e para reprodução, pois aí encontram água e alimentos.

O local do Farol e da Vila da Marinha, hoje cercado e com visitação proibida, no topo do Cabo de Santa Marta Grande, foi construído em 1891. Tive a oportunidade, em outros tempos, de visitar o Farol, subindo suas escadarias e podendo apreciar a vista magnífica que se descortina aos olhos. Os descuidos de turistas ao longo do tempo, levaram a Marinha do Brasil a proibir a visitação com a finalidade de preservar o patrimônio.

São três as praias que oferecem boas opções de laser e ondas para a prática do surf: Cardoso, Cigana e Grande.

Cardoso – é a praia mais conhecida do Cabo de Santa Marta e que oferece as melhores ondas de sul a leste. Os bares e camping estão localizados à esquerda da praia.

Cigana – Próxima ao vilarejo da Cigana, de onde vem seu nome.

Grande – Acesso proibido para veículos! Ondas perfeitas para swell de sul. A ponta da Galheta oferece boas ondas com swell de leste.

Deixe uma resposta