Cidreira

O municíoio de Cidreira está localizado no Litoral Norte Gaúcho a 100 Km de Porto Alegre por estrada asfaltada e pedagiada. Com uma população de cerca de 11 mil habitantes, tem clima temperado e 16 Km de praias.

A história de Cidreira inicia em 1767 quando a Coroa de Portugal doou a sesmaria de Cidreira para o Almoxarife-Mor Manuel Pereira Franco. Posteriormente, devido à sonegação de impostos, a Coroa confiscou as terras para serem leiloadas.

Após 1860 começaram a vir para Cidreira os primeiros veranistas, ficando em casas de palha, com chão de areia batida. Dentre os pioneiros encontravam-se as famílias Pilla, Boppe, Mostardeiro, Chaves Barcellos, Alberto Bins, J.H.Santos e outras.

Devido ao difícil acesso não havia moradores, o que passou a ocorrer após a construção do primeiro farol, construído em 1933 em alvenaria e cuja luz tem alcance de 30 Km.

A partir de 1930 começaram a surgir as primeiras casas de madeira, sendo construída (em madeira) a Igreja Nossa Senhora da Saúde, surgindo, também, os Hotéis Atlântico (no local onde hoje é a Estação Rodoviária), Farroupilha (atualmente Edifício Alvorada), Castelo, Farol, Cidreira e outros.

Entre 1950 e 1958 foi feita a construção da estrada ligando Porto Alegre ao litoral, ocorrendo o processo de urbanização de Cidreira e Pinhal, município vizinho. Em 1954 a CEEE instalou o primeiro gerador de energia elétrica, seguindo-se na década de sessenta o primeiro posto telefônico e o serviço de tratamento da água, pela Corsan.

O município teve a sua origem em Santo Antonio da Patrulha, passando mais tarde a pertencer a Osório e, por fim, a Tramandaí – até que, em maio de 1988, foi emancipado.

One thought on “Cidreira

Deixe uma resposta