Restaurantes em Tangará

Moinho Velho
Próximo a SC 455
Localizado à 2 Km do centro da cidade
Fone: 49 3532 1545

Parque Natural Fritzen
Próximo a Rodovia SC303
Localizado à 4 Km do centro da cidade
Fone: 49 3532 1215 Ramal 22


Salão Scheid
Rodovia SC 303
Localizado à 6 Km do centro da cidade
Fone: 49 3532 1598

Sítio São Pedro
Localizado à 9 Km do centro da cidade.
Na Linha Bracatinga
Fone: 49 9129 8335 ou 9964 7728

Hotéis e Pousadas em Tangará

Hotel Rio Bonito
Avenida Irmaos Picolli, 580
Centro
Fone: 49 3532 1033

Pousada Rural Rancho Moinho Velho
Próximo a SC 455, s/n
Localizado à 2 Km do centro da cidade
Fone: 49 3532 1545

Pousada Rural Sítio São Pedro
Sítio São Pedro
A 8 Km do Centro da Cidade
Em Linha Bracatinga
Fone: 49 9129 8335 ou 996


4 7728

Vôo Livre em Tangará

Vôo Livre

Considerado um dos melhores locais de toda a região Sul do país para as práticas de parapente e asa delta, o Morro Agudo possui uma rampa de decolagem no alto de seus 1.075 metros, a 8 km do centro, com acesso a pé ou de carro.
Os vôos são organizados pelo Clube do Vôo Livre Tangará.
Fone: 49 3532 7025 ou 3532 1074


Atrativos Turísticos de Tangará

Turismo: Colonizada por alemães, italianos e portugueses, a cidade de Tangará se caracteriza pela riqueza histórica e o potencial turístico. São exemplos a tentativa de achar petróleo na região (1958), a construção da estrada-de-ferro e a descoberta do Morro Agudo, ponto de encontro dos apaixonados pelo vôo livre. A tradição dos bons vinhos, as diversas cantinas escondidas nas estradinhas de terra, as danças típicas e a comida italiana completam o leque de opções para os visitantes.

Natureza: Tangará oferece boas opções para o turismo rural e o ecoturismo. Visite a Casa de Pedra, uma caverna com aproximadamente 200m2; a Fazenda Raquel, onde fica um dos melhores pontos do Estado para a prática do vôo livre, parapente e asa-delta; o Sítio Scolaro e a Fazenda Rural Morro Agudo, onde se pode praticar cavalgada.

Enoturismo: Tangará é um centro de enoturismo, por ser um dos maiores produtores de vinho do Estado. O turista pode participar da colheita, acompanhar o processo de fabricação do vinho e, claro, degustar a bebida. Durante o passeio, grupos folclóricos de dança e canto acompanham os turistas, resgatando a cultura dos imigrantes, em especial a dos italianos, predominante no município.

Conheça as Vinícolas de Tangará…

Infra-estrutura turística: Tangará conta com boa rede hoteleira e gastronômica, além de operadoras de turismo de aventura, ecológico e rural.

Vinícolas de Tangará

Vinícola Piccinin – O Porão do Nono

Cantina de vinhos coloniais artesanais.
Aproveitando a herança deixada pelos imigrantes italianos, a família Piccinin oferece os melhores vinhos coloniais da região.
Situada a 3 km do centro da cidade na Linha Santa Catarina.
Agendar visitas.
Fone: 49 3532 1092


Vinícola Monte Carvalho

Vinícola sexagenária que vinifica a uva através da utilização de métodos tradicionais, oferecendo ao visitante o conhecimento do processo da vinificação da uva através da história dos imigrantes italianos até os dias atuais. É a maior cantina de Santa Catarina em capacidade de armazenagem de vinho.
Rua Francisco Nardi, 434.
Centro da cidade

A visitação à vinícola está organizada da seguinte forma:

Recepção com show artístico do folclore étnico tangaraense (para grupos acima de 10 pessoas)
Visita as instalações da vinícola, com conhecimento do processo de fabricação do vinho.
Degustação de vinhos e produtos coloniais.
Possibilidade de compras.
Agendar visitas
Fone: 49 3532 2063 ou 3532 1212
E-mail: vinhos@montecarvalho.com.br
http://www.montecarvalho.com.br

Vinícola Monte Vecchio

Visita a Vinícola e conhecimento do processo de vinificação da uva.
Degustação de vinhos
Possibilidade de compras

Agendar visitas.
Fone: 49 3532 2099
E-mail: vinhos@vinhosmontevecchio.com.br
http://www.vinhosmontevecchio.com.br

Vinícola Panceri

Proporciona visitação à Vinícola com conhecimento do processo da vinificação da uva.
Degustação de vinhos.
Possibilidade de compras.
Visita a propriedade e aos vinhedos.

Localização: Linha Leãozinho – a 18 Km da cidade de Tangará e a 6 Km da Rodovia SC 458, passando pelo município de Ibiam.

Obs:Para grupos em ônibus trucados,de Ibiam até a Vinícola Panceri é necessário transporte alternativo (a vinícola providencia o transporte com agenda prévia).

Agendar visitas:
Fone: 49 3566 7700 ou 3592 6510
E-mail: panceri@panceri.com.br
http://www.panceri.com.br

Tangará

Tangará foi fundada em dezembro de 1948. Anteriormente se chamava Rio Bonito teve seu início em 1.910 com a instalação de uma “parada de trens” pela companhia construtora da estrada de ferro São Paulo – Rio Grande do Sul.

Imigrantes de origem portuguesa foram os primeiros moradores e, a partir de 1918, italianos e alemães iniciaram a colonização das terras do “Rio Bonito” que em 1948 emancipou-se politicamente e em 1949 foi instalada a administração municipal de Tangará.

O cultivo e a industrialização da uva em grande escala, aliada a sua qualidade e diversidade, faz Tangará se destacar no estado de Santa Catarina como o maior produtor de uvas, e um dos mais expressivos produtores de vinho justificando a denominação: “Terra dos Bons Vinhos”.

Tangará recebe a todos os visitantes oferecendo as belezas e delícias de passeios a pomares, parreirais, cantinas, vinícolas, o bucólico viver na roça e o encantamento das tradições culturais étnicas no folclore e na gastronomia: a comida da “nona” sempre acompanhada do bom vinho do “nono”, fonte de alegria e do bem viver.

De estrada-de-ferro à asa-delta, Tangará oferece ao turista um belo e variado cardápio de atrações turísticas. Com cerca de 8 mil habitantes com base nas etnias italiana e alemã, está no Meio Oeste do Estado, no Vale do Rio do Peixe, 24 Km de Videira e 430 Km de Florianópolis.

Com clima temperado, Tangará está a 641 m do nível do mar.

Turismo: Colonizada por alemães, italianos e portugueses, a cidade de Tangará se caracteriza pela riqueza histórica e o potencial turístico. São exemplos a tentativa de achar petróleo na região (1958), a construção da estrada-de-ferro e a descoberta do Morro Agudo, ponto de encontro dos apaixonados pelo vôo livre. A tradição dos bons vinhos, as diversas cantinas escondidas nas estradinhas de terra, as danças típicas e a comida italiana completam o leque de opções para os visitantes.

Natureza: Tangará oferece boas opções para o turismo rural e o ecoturismo. Visite a Casa de Pedra, uma caverna com aproximadamente 200m2; a Fazenda Raquel, onde fica um dos melhores pontos do Estado para a prática do vôo livre, parapente e asa-delta; o Sítio Scolaro e a Fazenda Rural Morro Agudo, onde se pode praticar cavalgada.

Enoturismo: Tangará é um centro de enoturismo, por ser um dos maiores produtores de vinho do Estado. O turista pode participar da colheita, acompanhar o processo de fabricação do vinho e, claro, degustar a bebida. Durante o passeio, grupos folclóricos de dança e canto acompanham os turistas, resgatando a cultura dos imigrantes, em especial a dos italianos, predominante no município.

Infra-estrutura turística: Tangará conta com boa rede hoteleira e gastronômica, além de operadoras de turismo de aventura, ecológico e rural.

Conheça as Vinícolas de Tangará…