Angelina

Angelina é parte importante do circuito religioso de Santa Catarina, sendo procurada pela presença do Santuário Mariano e da Gruta de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

Tem clima temperado quente, com temperaturas entre 16ºC e 27ºC e está a 450 m no nível do mar.

Cidades próximas: Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Pedro de Alcântara.

A História de Angelina começa em 1858, com a chegada dos primeiros imigrantes alemães, vindos das colônias vizinhas de Sacramento e de São Pedro de Alcântara, que batizaram o lugar o nome de Vila Mundéus (armadilha rudimentar de caça usada na época). Em 1891, torna-se distrito de São José e recebe o nome de Angelina, em homenagem ao então presidente do Conselho de Ministros do Rio de Janeiro, Ângelo Muniz da Silva Ferraz. Torna-se cidade 70 anos depois, em 1961.

O potencial turístico de Angelina está em desenvolvimento graças ao Santuário Mariano ou Santuário Nossa Senhora de Angelina, formado pela Gruta Imaculada Conceição e 14 estações da Via Sacra. Vale conferir igualmente as belezas naturais da região.

O principal local de peregrinação em Angelina é a Gruta Nossa Senhora da Imaculada Conceição e o Santuário Nossa Senhora de Angelina. Localizada no centro da cidade, a Gruta foi criada em 1899 pelo frei Zeno Wallbroehl, em cumprimento de uma promessa. Guarda uma imagem vinda da Alemanha, encomendada pelo frei, que morreu antes da sua chegada, em 1902. Em meio a quedas d’água e plantas nativas, o caminho até a gruta é um ziguezague, todo lajotado, de 740m, com passagens da Via Sacra produzidas em gesso por um artesão na Alemanha, em 1900. Outros locais bastante visitados em Angelina são a Colina da Louvação – anexa ao hotel, restaurante, colégio e convento das Irmãs Franciscanas de São José, um dos mais belos cartões postais do município –, a Gruta Nossa Senhora Aparecida – a 08km do centro, em Linha dos Chaves – e a Gruta Nossa Senhora da Graça – a 11km da cidade, na localidade de Fortaleza, rica em belezas naturais, cascatas e vegetação.

A cidade é pródiga em belezas naturais, como a Cachoeira São Sebastião, situada a 30km da sede do município, no distrito de Barra Clara, e o Lago Ribeirão Garcia, palco de competições náuticas e área de surpreendente beleza, própria para camping e pescaria de caniço. O lago foi formado pela barragem da Usina Hidrelétrica Garcia, inaugurada em 1960 e responsável pelo fornecimento de energia para Florianópolis – a área alagada tem 500.000m2 e a capacidade de geração da usina é de 9.600Kw.

O evento mais popular da cidade é a Festa do Queijo e do Mel, realizada anualmente no mês de abril.

O município é muito procurado pelos católicos, que visitam especialmente a Gruta da Imaculada Conceição de Angelina, considerada milagrosa, e que fica iluminada à noite para que todos possam visitá-la.

O caminho melhor até Angelina é feito pela BR-282 (subida da BR101 para Rancho Queimado), que vai para o oeste, seguindo pela SC-407 por mais 13km a partir do trevo de Rancho Queimado. Apesar de uma volta de 20km, o trecho é todo pavimentado e a estrada é bem-conservada.

Cidade fundada em 10 de novembro de 1860 tem sua base econômica na agricultura com relevância também do turismo. Com 6 mil habitantes de origem alemã, a cidade está na região da Grande Florianópolis, distante 70km da capital.

Deixe uma resposta