Alfredo Wagner

O município de Alfredo Wagner está na Grande Florianópolis, na microrregião do Tabuleiro, a 111km da capital.

Fundado em 21 de dezembro de 1961, Alfredo Wagner tem na agricultura sua sustentação econômica. Com cerca de 9200 habitantes de origem portuguesa, está a 480 m do nível do mar e tem clima temérado úmido com verão agradável com temperatura média de 17,7°C.

Está próxima de Bom Retiro, Rancho Queimado, Leoberto Leal.

As primeiras tentativas de colonização de Alfredo Wagner foram feitas por 19 soldados, nas proximidades do Morro do Trombudo. A empreitada, porém, não teve êxito devido à neve abundante e às chuvas que por três anos assolaram a região. Augusto Lima, em 1893, estabeleceu-se na barra dos rios Adaga e Caeté, acompanhado de alguns colonos. O local passou a se chamar Barracão – o primeiro nome de Alfredo Wagner. O nome atual é uma homenagem a um dos homens que mais trabalhou pela emancipação político-administrativa do município, desmembrado de Bom Retiro.

As histórias sobre Alfredo Wagner são bastante curiosas. No início da década de 1990, professores da Universidade Federal de Santa Catarina descobriram ali fósseis de mesossauro, um réptil que viveu há 220 milhões de anos. E a terra, marcada pela neve, tem um candidato a santo: o Soldadinho, que morreu em 1893, quando fugia, junto com um grupo de soldados, de possíveis vinganças da Revolução Federalista. Doente, ele se perdeu do grupo e foi encontrado dias mais tarde, congelado. O túmulo, construído no local, é muito visitado e os moradores mais antigos acreditam que o Soldadinho faz milagres. Fonte


Deixe uma resposta